quarta-feira, 26 de novembro de 2014

QUEM É VOCÊ AOS PÉS DA CRUZ ?
Mateus 27:35
"E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes."
A crucificação era uma forma de execução para os considerados ameaças para a sociedade, para os piores criminosos. E Cristo, nosso Senhor, foi levado à ser crucificado sem ter cometido algum crime, sem ter cometido algum pecado. Foi crucificado um inocente.
Abordaremos nos slides abaixo algumas situações que aconteceram aos pés da cruz de Cristo Jesus.
João 19:23-26
"23 Tendo, pois, os soldados crucificado a Jesus, tomaram as suas vestes, e fizeram quatro partes, para cada soldado uma parte; e também a túnica. A túnica, porém, tecida toda de alto a baixo, não tinha costura.
24 Disseram, pois, uns aos outros: Não a rasguemos, mas lancemos sortes sobre ela, para ver de quem será. Para que se cumprisse a Escritura que diz: Repartiram entre si as minhas vestes, E sobre a minha vestidura lançaram sortes. Os soldados, pois, fizeram estas coisas.
25 E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.
26 Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho."
Observamos que cada soldado ficou com uma parte das vestes de Jesus, houve divisão das vestes de Cristo. Notemos que não deveria ser uma túnica desprezível, a fim de despertar interesse em adquiri-la, mas era uma peça única. E como dividiriam uma peça única com vários interessados?
Salmos 22:13-16
"13 Abriram contra mim suas bocas, como um leão que despedaça e que ruge.
14 Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas.
15 A minha força se secou como um caco, e a língua se me pega ao paladar; e me puseste no pó da morte.
16 Pois me rodearam cães; o ajuntamento de malfeitores me cercou, traspassaram-me as mãos e os pés.
17 Poderia contar todos os meus ossos; eles vêem e me contemplam.
18 Repartem entre si as minhas vestes, e lançam sortes sobre a minha roupa."
Fazendo uma analogia à situação dos soldados que lançaram sorte das vestes de Jesus, HOJE, podemos dizer que são os que conhecem a Jesus mas o desprezam, ou seja, querem as bênçãos do Senhor, mas não querem o Senhor que proporciona as bênçãos.
Jesus é Indivisível, não se divide!
É nosso dever pregar o sacrifício de Cristo por nós com a sua morte a fim de sermos salvos. E entendermos que o nosso Senhor não foi derrotado pela morte, mas venceu-a! Foi ressuscitado e hoje Vive! E prometeu breve voltar com grande poder e glória!
O Messias sofre, mas Triunfa! Salmo escrito aproximadamente 1.000 a.C. e João se lembra (João 19:23-26). É as profecias se cumprindo!
Lucas 6:29
"Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses."
Aqueles que quiseram a "túnica" de Jesus o recebeu por inteiro, pois Cristo é INDIVISÍVEL.
Apocalipse 1:10-18
"10 Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,
11 Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.
12 E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando-me, vi sete castiçais de ouro;
13 E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro.
14 E a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo;
15 E os seus pés, semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha, e a sua voz como a voz de muitas águas.
16 E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece.
17 E eu, quando vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;
18 E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.
A "Túnica" representa o nosso Senhor pois Ele Não se Divide!
E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.O QUE REPRESENTAM ESSAS PESSOAS NOS DIAS DE HOJE?
ESTAREMOS NESTE DOMINGO MINISTRANDO ESSA PALAVRA EM TODOS ÁS IUSF ÁS 8;HS E 19:HS SEDE-IGREJA UNIDOS EM UMA SÒ FÈ Av: Cândido José Xavier, nº46 Parque Santo Antonio- Sao Paulo-SP Prox ao Supermercado Satmo em Frente ao Posto de Gasolina SAO PAULO Jd.São Luiz São Paulo.Jd ANGELA ESTRADA DO GUAVIRITUBA 150 EM FRENTE AO POSTO DE SAUDE AMA 

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Os dois discípulos no caminho de Emaús ( Lucas 24:13-16 )
E eis que no mesmo dia iam dois deles para uma aldeia, que distava de Jerusalém sessenta estádios, cujo nome era Emaús.
E iam falando entre si de tudo aquilo que havia sucedido.
E aconteceu que, indo eles falando entre si, e fazendo perguntas um ao outro, o mesmo Jesus se aproximou, e ia com eles.
Mas os olhos deles estavam como que fechados, para que o não conhecessem.
Lucas 24:13-16

Sabe aqueles momentos na vida em que a desilusão é muito grande, há um abatimento, uma tristeza, e você anda sem rumo e direção. Muito bem, esta mensagem é para você.

Porque era exatamente desta maneira que estes dois discípulos estavam se sentindo. Ele andavam com Jesus, ouviram suas pregações, viram seus milagres e criam de todo o coração em Jesus Cristo, mas mataram Ele, e agora?

Na cabeça dos dois, a esperança morreu, aquilo que eles imaginavam não aconteceu e só restou a tristeza.

Três dias depois da morte de Jesus eles estavam em Jerusalém, foram dias difíceis, choraram muito, não podiam acreditar no que estavam acontecendo, e a solução que eles encontraram, talvez para tentar amenizar a dor foi voltar para Emaús.

Parece conosco não é?

Depois de uma grande tristeza, onde as lutas tiram as nossas forças e a vontade que temos é de voltar para trás, desistir de tudo, entregar os pontos, e voltar para aquela estrada triste e solitária da vida e sumir no horizonte.

Mas tenho uma mensagem de Deus para tua vida, Jesus Cristo não esqueceu de você, e não te abandona nem por um minuto sequer.

deixe Deus transformar emaus apenas em uma escala na sua vida da qual o melhor de Deus ainda esta por vir,entendo que emaus não é o seu destino é apenas uma escala aonde aprendemos a não olhar para traz e não nos abartermos com as situações da vida então diga emaus é apenas uma escala poque o melhor de Deus ainda está por vir.

E esta mensagem é uma oportunidade de Deus para tua vida para te colocar de pé novamente.

Três dias haviam se passado, e este dia que eles resolveram voltar para Emaús era Domingo. Mas neste dia de manhã bem cedo, através de algumas mulheres que tinham ido até o sepulcro aonde estava o corpo de Jesus ( Lucas 24:1-12), começou uma surgir uma mensagem!!! Jesus ressuscitou

Que mensagem tremenda, você não acha?

Porém aqueles discípulos não acreditaram, e ao invés deles irem até o sepulcro de Jesus e verificar se a mensagem era verdadeira, afinal de contas o Próprio Jesus havia dito:

Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. Mateus 16:21

Mas eles preferiram voltar para Emaús, porque?

O sonho morreu!!! E eles preferiram ir pela estrada do desapontamento.

E assim seguiram por aquele caminho, tristes e e desiludidos, sabemos que o nome de um deles era Cleopas ( Lucas 24:18 ), sabemos que esposa deste estava com Jesus no momento da crucificação ( João 19:25 ), então era alguém muito próximo de Jesus, mas eles não acreditaram naquela mensagem.

Mas aquela mensagem era verdadeira, Jesus ressuscitou, sabe queridos leitores quanto mais eu leio a Palavra de Deus, mais eu fico admirado com o amor Dele por nós. Pense comigo, Jesus acabou de vencer a morte, derrotou o diabo, pagou o preço pelos nossos pecados, estava com um corpo ressuscitado cheio de Glória, Ele poderia fazer tantas coisas, e sabe o que Ele escolheu fazer logo depois da Ressurreição?

Ir de encontro aos dois discípulos desanimados que estavam indo para Emaús.

É um amor que vai além da compreensão humana, e enquanto eles caminhavam Jesus se aproxima e pergunta para eles o motivo da tristeza ( Lucas 24:17 ), e o mais interessante em tudo isto, eles não reconheceram Jesus, porque?

A Bíblia fala que os olhos deles " estavam como que fechados " ( Lucas 24:16 ), e não fala o motivo, mas acredito que foi permissão de Deus, para que houvesse um tratamento, um carinho especial da parte de Deus para aqueles dois discípulos, havia algo no coração deles que somente Deus poderia tratar.

Eles tinham uma visão limitada da Palavra de Deus, e queriam que o Senhor agisse da maneira deles, queriam um reino terreno, aqui e agora.

Mas o Plano de Deus era maior.

O Plano de Deus é o melhor para a sua vida, por mais que você não entenda hoje, manhã você verá e vai Glorificar o nome do Senhor Jesus.

Um erro que muitas vezes cometemos é separar alguns textos da Palavra que gostamos, e muitas vezes inconsciente ou consciente dizemos: Este texto é para mim!!! Pois falam de bençãos, curas, bens materiais.

Outros textos que não gostamos muito, que falam de repreensão, pecado, conversão, mudar de vida, seguir pelo caminho estreito, dizemos! Isto não é para mim.

Por isto Jesus fala para aqueles discípulos:

E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!
Lucas 24:25

Temos que crer em toda a Palavra de Deus.

E Jesus durante todo o caminho ministrou a Palavra de Deus para eles, e o coração começou a queimar e mesmo sem reconhecer Jesus eles recebem a Palavra, e aqueles doze quilômetros, passaram rápido, foi uma viagem prazerosa mas chegou ao fim.

Eles chegam em sua casa, e Jesus passa para mais adiante, e é feito um convite:

E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles. Lucas 24:29

Jesus entrou naquela casa, foi posta a mesa, mas me parece que a tristeza era muito grande e eles não comeram, Jesus ainda sem ser reconhecido, toma a iniciativa ( Lucas 24:30-31 ), tomou o pão e o abençoou, neste momento algo lindo acontece.

Eles reconhecem Jesus!!! Aleluia...

Não sei se eles viram os sinais da crucificação em suas mãos, ou a Oração de Jesus os lembrou daqueles dias tremendos em que eles viveram com Ele, mas os olhos foram abertos, e Jesus desapareceu...

A alegria foi tão grande que imediatamente eles voltaram para Jerusalém, e lembre-se eram mais doze quilômetros de volta, pareciam maratonista profissional, chegaram rapidinho.

Foram até os outros discípulos, e começaram a relatar o que ocorreu no caminho para a aldeia deles, a alegria encheu toda a casa, e foram dito a eles que Jesus também tinha aparecido a Pedro ( Lucas 24:34 ), todos estavam admirados, falando muitas coisas, e eu imagino a alegria estampada nos rostos, alguns acreditavam, outros estavam céticos, afinal de contas a maioria que estava ali no local ainda não tinha visto Jesus.

Mas no meio de toda aquela euforia, quem aparece no meio deles?

O próprio Jesus:

falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.
E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.
E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?
Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.
E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.
E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?
Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;
O que ele tomou, e comeu diante deles.
E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.
Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.
E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,
E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.
E destas coisas sois vós testemunhas. Lucas 24:36-48

Imagine comigo a alegria dos discípulos, Deus transformou o choro em alegria, Jesus não os abandonou, tudo aquilo era plano de Deus, a morte, a ressurreição, tudo foi feito por amor, para salvação.

Deus nos ama, da mesma forma é com você querido leitor, não importa as lutas que você tem enfrentado, Jesus não desistiu de você.

As vezes nos identificamos com estes discípulos, mas não deixe que sua dor impeça de enxergar a verdade, não tenha a compreensão apenas humana dos fatos, veja com os olhos da fé.

Deixe Deus agir da maneira Dele, Ele sabe o que é melhor para você, deixe o Espírito Santo direcionar os seus passos. Se na compreensão humana Deus parece distante, pelos olhos da fé creia Ele esta bem pertinho de você, e não te abandona.

EMAUS E APENAS UMA ESCALA
Bispo Anderson Camargo 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O Homem com o cântaro de água
Onde queres que a preparemos? Lc 22:7-20
Onde devemos celebrar a Ceia do Senhor? Esta pergunta, feita por muitos, traz à tona a tristeza causada pela ruína do testemunho do Corpo de Cristo, que é a Igreja. Mas antes mesmo da existência da Igreja (por ocasião da última ceia a Igreja ainda não havia sido formada; isto aconteceu somente em Pentecostes - At 2), encontramos esta pergunta sendo feita em Lucas 22, do versículo 7 em diante. Ali encontramos o Senhor ordenando aos Seus discípulos: "Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos" (v.8). E eles fizeram a mesma pergunta: "Onde queres que a preparemos?" (v.9). Esta é a pergunta de uma alma submissa ao Senhor, que deseja fazer a vontade dEle acima de tudo. Sabemos que essa seria a última ceia do Senhor com Seus discípulos, antes de morrer numa cruz. E foi nessa ocasião que Ele pediu que fizessem isso em memória de Si; repetindo posteriormente o mesmo pedido a Paulo (1 Co 11:23), já no caráter de uma ordenança àqueles que faziam parte da Igreja.
Ao receberem a ordem do Senhor, os discípulos não fizeram o que achavam melhor, e nem se dirigiram ao lugar mais próximo de suas casas, ou aonde se sentissem bem. Tampouco procuraram qualquer lugar que lhes parecesse digno de tal evento, mas, com a simplicidade de uma criança, perguntaram ao Senhor: "Onde queres que a preparemos?" E a resposta do Senhor é muito instrutiva, se a aplicarmos espiritualmente a nós nestes últimos dias.

Primeiramente, no versículo 10 de Lucas 22, o Senhor ordena que entrassem "na cidade" (v.10). O lugar onde devemos lembrar Sua morte enquanto estamos aqui é neste mundo, em meio a toda a confusão criada pelo homem, mas, como veremos adiante, separados dela. Ali eles encontrariam "um homem levando um cântaro d'água" (v.10) e deveriam segui-lo. Não era comum encontrar um homem levando um cântaro d'água, pois esta era uma tarefa típica das mulheres, como encontramos em João 4 e em muitas passagens do Antigo Testamento. A menos que esse homem fosse um servo, e isso nos fala do Espírito Santo, pois é neste caráter, de Servo, que Ele Se encontra no mundo, na presente dispensação, levando as pessoas a Cristo (Jo 16:7-15). O homem levava um cântaro d'água - esta é um símbolo da Palavra de Deus, conforme encontramos em Efésios 5:26.

O homem com o cântaro os levaria a um "grande cenáculo mobilado" (v.12). O cenáculo, que é o andar superior de uma casa, nos fala de um lugar que, embora neste mundo, encontra-se acima das coisas da Terra; um lugar elevado. O aposento era um "grande cenáculo" - havia espaço suficiente para todos os convidados - e o fato de estar mobilado demonstra que alguém já havia preparado acomodações suficientes para os que ali fossem. E eles, obedecendo às ordens do Senhor, encontram tudo exatamente como lhes foi falado e, "chegada a hora, pôs-Se à mesa, e com Ele os doze apóstolos" (v.14). E, ali, Ele lhes fala da Sua morte (v.15).

Tudo isso é muito instrutivo para nós. Em primeiro lugar, temos que buscar o Senhor quanto ao que devemos fazer e onde devemos fazê-lo. Ele nos mostrará com certeza. Então devemos seguir o homem com o cântaro d'água; uma figura de acompanharmos o Espírito Santo naquilo que Ele leva, ou seja, a Palavra de Deus. Não encontraremos na Palavra coisas do tipo, vá à esta ou àquela denominação, pois não encontramos, na doutrina que foi dada à Igreja, denominações diferentes para aqueles que fazem parte de um mesmo Corpo (Ef 4:4). A única distinção era feita quanto à localização geográfica dos crentes (por exemplo, "da igreja que está em Éfeso" Ap 2:1).

Também não encontramos coisas do tipo vá aonde desejar ou ao lugar onde se sentir melhor, como se os crentes não tivessem qualquer guia seguro e tivessem que seguir sua própria vontade ou sentimentos (veja Dt 12:8,13-14; Jz 21:25). Também não encontramos o conselho que normalmente é dado, vá à igreja mais próxima de sua casa, que neste tempo de fim tem lançado muitos nas garras de verdadeiros mercenários da fé (2 Pd 2). O que não encontramos na Palavra de Deus não devemos fazer. Encontramos em Mateus 18:20 a indicação de que onde estiverem dois ou três reunidos ao Nome do Senhor Jesus (e ao Seu Nome somente) Ele estará no meio, o que equivale dizer que Ele Se porá à mesa com os Seus que ali estiverem.

Portanto é pela Palavra de Deus somente, e não pelos costumes dos homens, ainda que sejam cristãos, que encontramos o lugar onde Deus quer que celebremos a Ceia. Tal lugar está acima das coisas deste mundo (assim como o cenáculo que vimos) e Deus preparou acomodações para todos os que desejarem se dirigir para ali (o cenáculo era grande e estava mobilado). Trata-se do lugar onde o Senhor colocou o Seu Nome, e mais nenhum outro; onde é Ele o centro de todas as atenções e Sua autoridade é reconhecida (veja 1 Co 5:4,12)

Bispo Anderson Camargo 

sábado, 8 de novembro de 2014

Josué 7 : 3
3 E voltaram a Josué, e disseram-lhe: Não suba todo o povo; subam uns dois mil, ou três mil homens, a ferir a Ai; não fatigueis ali a todo o povo, porque poucos são.
Amados,
Josué já havia vencido a guerra em Jericó onde a grande muralha foi derrubada somente com sons de buzina e gritos de guerra, pois, na direção de Deus, tudo ocorreu para que a vitória viesse ao servo de Deus, seu grande exército e o povo de Israel.
Outra cidade a ser conquistada seria Ai.
Seus espias viram que não precisava levar muitos soldados, pois era uma pequena cidade. Seria fácil conquistá-la.
Então por que dessa vez Josué perdeu a guerra? Havia algo errado. Por que Josué não consultou a Deus sobre essa guerra como o rei Davi fazia?
I Samuel 23:2
2 E consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Irei eu, e ferirei a estes filisteus? E disse o SENHOR a Davi: Vai, e ferirás aos filisteus, e livrarás a Queila.
Deus certamente teria revelado a Samuel que havia um grande pecado de cobiça e roubo no meio daquele povo. Para Deus era como que chamar a maldição e a derrota, o que não era o plano Dele para seu povo.
Não se deve dar legalidade ao "inimigo"!
Pelo texto lemos que Acã, que estava sob a liderança de Josué, cobiçou e roubou uma capa babilônica, prata e ouro. Deus não aprovou esse comportamento e eles perderam a guerra.
Não se esconde nada do Senhor! É nas pequenas coisas, nos pequenos detalhes que se perde uma batalha. Certas atitudes se tornam em maldição em nossas vidas.
Precisamos tirar o “anátema”, ou seja, tudo que traz maldição tanto de dentro de nós (sentimentos: cobiça, inveja, fúria, ira, falsidade....) 
Deuteronômio 7 : 26
26 Não porás, pois, abominação em tua casa, para que não sejas anátema, assim como ela; de todo a detestarás, e de todo a abominarás, porque anátema é.
Nossa proteção é o SENHOR JESUS!!!
E Josué não entendeu o porquê da derrota:
Josué 3 : 7
7 E disse Josué: Ah! Senhor DEUS! Por que, com efeito, fizeste passar a este povo o Jordão, para nos entregares nas mãos dos amorreus para nos fazerem perecer? Antes nos tivéssemos contentado em ficar além do Jordão!
No que Deus respondeu:
Josué 3 : 12
10 Então disse o SENHOR a Josué: Levanta-te; por que estás prostrado assim sobre o teu rosto?
11 Israel pecou, e transgrediram a minha aliança que lhes tinha ordenado, e tomaram do anátema, e furtaram, e mentiram, e debaixo da sua bagagem o puseram.
12 Por isso os filhos de Israel não puderam subsistir perante os seus inimigos; viraram as costas diante dos seus inimigos; porquanto estão amaldiçoados; não serei mais convosco, se não desarraigardes o anátema do meio de vós.
O final dessa história foi triste, pois Deus executou o juízo sobre quem tinha feito “a coisa errada” e todos de sua família sofreram as consequências e pereceram.
Mas hoje, quando se fala em morte, significa morte espiritual e perda da Salvação eterna, pois, pela graça alcançada por meio do sacrifício de Jesus na cruz, temos sua misericórdia sobre nós e perdão mediante a confissão e arrependimento.
Tiago 5:16
16 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.
Obedeçamos ao Senhor, porque daremos conta a Ele de tudo que fizermos, quer seja bom ou mal e daí cumprir-se-á a justiça de Deus!
Eclesiastes 12:14
14 Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
Rejeitemos, pois, tudo que seja anátema!
A Paz!!!
Bispo Anderson Camargo 

sábado, 1 de novembro de 2014

Em suas lutas saiba que: Deus é, Deus está e Deus faz.
SALMOS 46 
“1Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
2Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
3Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.)
4Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.
5Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.
6Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.
7O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)
8Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra!
9Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
10Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
11O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)”
Este salmo é um cântico, uma oração e fala de um período de pós tribulação. Este Salmos é um Salmos de conquista.
O capítulo 46 do livro de Salmos esta dividido em três partes:
Do versículo 1-4 Servimos um Deus que é;
Do versículo 5-8 Servimos um Deus que está;
Do versículo 9-11 Servimos um Deus que Faz.
1) Deus é – Eu existo porque meu pai existiu, temos uma árvore genealógica. Os anjos existem porque Deus os criou. O planeta terra e os animais existem porque foram criados por Deus.
Deus não precisa provar nada, você crendo ou não Deus é.
Em Apocalipse 1:8 diz: “Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.”
A característica de Deus, ELE é.
O Salmos começa com Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente nas adversidades.
As dificuldades poderão chegar, mas Deus esta falando EU SOU, DEUS é na sua vida.
Deus é antes mesmo dos problemas chegaram a sua casa.
Diga: Deus é o meu refúgio e a minha fortaleza. Deus é o meu socorro.
Antes mesmo das coisas acontecerem na sua vida, Deus é.
Antes mesmo de você ter sido gerado, Deus já te conhecia.
O Salmos 23 diz: “O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará.”
Deus é a minha fortaleza, o meu socorro presente na angustia e tribulação.
Se você crê que Deus é, então por que esta assustado e com medo das lutas?
ELE é a nossa vida.
Nenhum tipo de problema vai mudar o seu Deus, ELE é!
Não importa qual o monte, quais as águas que estão passando; as lutas não mudarão o nosso Deus.
No versículo 2 diz: “Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.”
Mesmo com todas as dificuldades, Ele continua sendo DEUS. DEUS é.
Não importa qual o problema que você esteja passando lembre-se que Deus é.
Devemos adorar um Deus que é. Somos vencedores porque nosso Deus é.
2)Deus está (Ele não te abandona e está contigo no meio das tribulações.)
Mesmo passando por momentos difíceis, na vida, nunca desanime. Não perca a sua alegria por nada porque Deus está ao seu lado.
Deus é o Deus na sua vida.
No versículo 5 “Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.”
Deus está, então Ele é o centro e está com você.
Deus está contigo em todos os momentos da sua vida seja ela de alegria, de lutas ou dificuldades.
Quando começamos a orar ou quando duas ou três pessoas se reunirem para orar Deus esta presente.
O nosso Deus não é ausente, sempre será presente na nossa vida.
Quando a palavra diz que ELE está, significa que ELE está no meio da situação.
Podem vir às guerras, lutas e as tempestades Deus está no meio delas.
No versículo 6 “Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.”
Esse versículo nos ensina que se levantarem pessoas querendo guerrear contra você, Deus está contigo então não temerás.
A palavra de Deus diz que ELE levantou a sua voz e a terra se derreteu.
Deus é maior que os reinos, que a guerra e com o poder da sua voz ELE acaba com tudo isso.
A palavra de Deus nos mostra que o Deus de Jacó é o nosso refúgio.
Esse texto é uma declaração de amor.
Nós temos que tomar posse da palavra de Deus, caso contrário as dificuldades irão nos derrotar e o mundo nos engolirá.
Em suas lutas busque cada vez mais a presença de Deus na sua vida.
Deus está conosco, Ele tem cuidado de nós.
Ele está próximo de nós porque Ele nos ama.
No versículo 7 “O SENHOR dos exército está conosco.” E no versículo 8 “vinde, contemplai as obras do Senhor.”
Naquele tempo o prazer daquele que ganhava a guerra era andar no meio daquela destruição. E é isso que Deus está nos ensinando nesse versículo.
Se o diabo esta tentando contra a sua vida não desanime porque chegará um dia que Deus vai fazer com que você usufrua desse texto. O diabo estará preso e destruído.
3) Deus Faz, no versículo 9 ”Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.”
O texto nos ensina que Deus Faz. Ele faz cessar as guerras não importa onde ela ocorra.
Deus acalma e acaba com qualquer guerra.
Deus pode parar ou cessar qualquer tipo de guerra (lutas) que você esteja vivendo.
Você crendo em Deus ou não, Deus continua sendo Deus.
Se Deus quiser renovar tudo ELE faz. Deus faz tudo conforme a vontade dELe.
Deus Faz (Ele não te abandona). Ele faz o que ninguém pode fazer por você.
Você sabe como Deus acalma a guerra na sua vida?
Quebrando todas as armas do inimigo e todas elas cairão.
Se você esta vivendo momentos de lutas na sua vida, não tenha medo, porque a palavra de Deus esta dizendo: Deus é, Deus está e Deus faz.
No versículo 10 Ele diz: “Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. Eu sou o Rei das nações, o Rei do mundo inteiro. 11 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)”
A palavra de Deus esta dizendo que somos seus filhos e Ele vai nos exaltar entre as nações.
Deus é, Deus esta conosco e Deus faz.
O capítulo dos SALMOS 46 começa como Deus é e termina como Deus é.
Se o Senhor dos Exércitos esta conosco e o Deus de Jacó é a nossa fortaleza então por que você esta temeroso?
Tenha Fé em Deus, confia NELE, entregue o controle da sua vida a ELE e verás o poder de Deus agir na sua vida.
O sol nasceu para todos, mas a sombra é para poucos. Salmos 91:1 (“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.”)
Essa é a mensagem de Deus para tua vida.
Bp.Anderson Camargo