segunda-feira, 18 de novembro de 2013


 
 

A ORLA DAS VESTES
“Chegando por detrás dele,tocou a orla do seu vestido, e logo estan...cou o fluxo do seu sangue” Lc.8:44

O exército de cada soberano traja-se com seu uniforme distinto; é o símbolo da lealdade que o soldado deve a seu rei. O povo de Israel também possui suas insígnias especiais que o identificam como o servo de Deus. Uma delas são os tsitsit.
TSIT= “algo visível”- era o nome dado às franjas existentes nas vestes; a orla das vestes mencionadas no texto acima.

Vestimentas
A Torá exige que os tsitsit fiquem ligados às vestes humanas e esta relação pode ser detectada numa breve revisão da origem e do significado dos trajes humanos.
De acordo com a Torá, as roupas têm a sua procedência no pecado de Adão e Eva. O homem foi criado perfeito, sem termaldade em seu interior. Não tinha más inclinações e nem conhecia tentação alguma por prazeres físicos. Na pureza de sua mente, o sentimento de vergonha era completamente desconhecido. Todos os órgãos e membros do seu corpo eram iguais, cada um tendo que cumprir a sua parte na execução da missão Divina do homem sobre a terra. Em qualquer ocasião, só havia uma consideração: o cumprimento da Vontade Divina.

Após ter pecado ao comer o fruto da Árvore do Conhecimento, adquiriu consciência do prazer físico do qual não se dava conta antes, quando sua alma predominava sobre as coisas materiais. Percebeu que certas partes do seu corpo estavam mais diretamente associadas com o senso do prazer físico. A exposição destes membros fazia agora surgir nele um sentimento de vergonha por dois motivos: primeiro, porque eram uma lembrança da humilhante queda do homem sob o poder da luxúria e em segundo lugar, porque significavam uma fonte de tentação.
Por esses motivos, o homem sentiu-se envergonhado com a sua nudez e quis cobrir o seu corpo. Após o seu pecado, Adão e Evativeram a sensação e a consciência do nu e prepararam para si roupas para cobrir seus corpos. Assim, as roupas lembram ao homem sua queda do estado de pureza absoluta para outro da sucetibilidade à tentação e uma luta interna entre as aspirações da alma Divina e as paixões do corpo físico.

Por este motivo (para ser um lembrete) as franjas dos tsitsit eram presas à roupa. Os tsitsit e as vestes servem assim essencialmente ao mesmo propósito: os tsitsit advertindo-nos para ficarmos em guarda contra as inclinações do "coração e dos olhos" – (os dois provocadores do pecado) e o traje de uma lembrança na primeira vez em que o homem sucumbiu ao pecado.

QUAL O OBJETIVO DAS FRANJAS?

“Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Que nas bordas das suas vestes façam franjas pelas suas gerações; e nas franjas das bordas ponham um cordão de azul. E as franjas vos serão para que, vendo-as, vos lembreis de todos os mandamentos do Senhor, e os cumprais; não seguireis o vosso coração, e nem após os vossos olhos, pêlos quais andais vos prostituindo. Para que vos lembreis de todos os meus mandamentos, e os cumprais, e santos sejais a vosso Deus.”Números 15:38-40.


Significado
Para entender isso, precisamos nos aprofundar um pouco mais nos aspectos simbólicos deste preceito.
Os tsitsit pelo seu nome e maneira com que estão ligados à roupa, aludem aos 613 preceitos daTorá:

As franjas ficavam nos 4 cantos das vestes (frente, atrás e laterais),sendo em cada lado 8 fios com 5 nós.

·Sabemos que no hebraico as letras tem valor numérico = valor numérico da palavra tsitsit é 600.

·5 nós = Representam à Torah (5 livros da lei de Moisés) = A PALAVRA DE DEUS.

·8 Fios = os oito fios sugerem os oito órgãos do corpo que estimulam o homem a pecar (os ouvidos, olhos, boca, nariz, mãos, pés, genitais e o coração), que devem ser subjugados e santificados.

·Somando estes valores temos o total 613 = nº total das leis e preceitos da Toráh.



Assim, a vista das franjas serve ao propósito de lembrar o homem as suas obrigações Divinas (os 613 preceitos daTorá) e protegê-lo de cair vítima dos atos pecaminosos relacionados com os órgãos mencionados.

NOS 4 LADOS = Em qualquer uma das direções — leste, oeste, sul e norte — que nos voltemos (aludidas pela especificação da peça de quatro cantos), os tsitsit nos tornam conscientes da presença de Deus sensibilizando o coração do homem e o despertando para um sentimento de temor a Deus.



Em cada borda do talit encontramos 5 nós, ou seja 20 nas 4 pontas, eqüivalentes às mãos e aos pés nos quais encontramos 20 dedos. Isto transmite a idéia que todos os membros humanos encontram-se a serviço de Deus.

MÃOS= Nossas atitudes.PÉS= nosso caminhar

Quando a mulher do fluxo de sangue tocou na “orla das vestes” (no Tsitsit do talit de Jesus) ela estava tocando na AutoridadeenoPoder da Palavra de Deus,pois ela tinha consciência que estava impura e não podia tocar em Jesus,por isso ela tocou na orla das vestes. E aquele ato foi profético, pois já estava apontando para os dias em que pessoas e nações impuras teriam acesso ao Poder da Palavra, como profetizou Zacarias:

“...naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão sim, na orla do vestido de um judeu dizendo: iremos convosco porque temos ouvido que Deus está convosco.” Zacarias 8:23

Você tem acesso à Salvação, à cura física ,cura da alma, libertação, renovo espiritual, conforto, fortalecimento ,ânimo....através do Poder da Palavra de Deus.Toque pela fé na orla das vestes de Jesus.

Leve a Palavra à Sério e sejaabençoado(a) em nome de Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário