sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Deus usa as pequenas nuvens!!
Entre 875-873 a.c, reinou em Israel, um corrupto homem, chamado Acabe. Houve, seca e fome sobre aquela terra. Por três anos e seis meses, não choveu em Samaria. O difícil período, foi predito, pelo profeta Elias: " Vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra" I Rs 17:1.
Acabe e sua perversa esposa Jezabel, passaram a odiar Elias. Para eles, o profeta era responsável pelos males de Samaria. Só que, a nação estava em declínio, devido a idolatria. O rei e sua esposa "caçavam" profetas de Deus e os matavam em obediência a Baal. Ambos, eram instrumentos de Satanás. Elias e outros servos de Deus, escaparam milagrosamente.
Deus, então, falou a Elias: Vai apresenta-te a Acabe; porque darei chuva sobre a terra" I Rs 18:1.Foi assim, revestido da benção Divina, que o profeta se dirigiu ao rei para anunciar chuva:"Disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque há ruído de uma abundante chuva" IRs 18:41. Não havia uma só nuvem no céu quando Elias, anunciou a forte chuva.
Elias, se prostrou diante de Deus, pedindo a chuva, que Ele mesmo prometera. Por seis vezes, orou Elias e no céu, nenhum sinal de chuva aparecia: "Senhor, não há nada, nem sinal de chuva" I Rs 18:43. E sucedeu que na sétima oração: "Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar" I Rs 18:44. Elias, diante do mínimo sinal, anunciou ao Rei: "Aparelha teu carro e desce, para que a chuva não te apanhe" E veio uma grande chuva" I Rs 18:45.
A Lição da Pequena Nuvem
A Palavra de Deus, contêm muitas promessas, destinadas aos servos que crêem. Mesmo sabendo que elas nos pertencem, devemos buscá-las. Elias, tinha a garantia de Deus, de que haveria chuva. Mesmo assim, orou insistentemente, crendo que o céu mudaria. Elias: Creu, obedeceu, orou e a promessa se cumpriu. Poderia ter desistido, porque por sucessivas vezes, ouviu: "Elias, não há nada".
Mesmo que em nossas vidas, pareça "não haver nada", nenhum sinal, daquilo que cremos, precisamos prosseguir, acreditando que a seu tempo "a chuva virá". Mesmo que os "mensageiros" olhem para nós e digam: "Por que continuas a crer? Não vemos nada! Não há nada! Precisamos, como Elias, manter o ânimo: Crer, orar e obedecer.
Um Exemplo de "Pequena Nuvem":
Quando José, filho de Jacó, era ainda uma criança, uma "pequena nuvem" lhe apareceu. Em sonhos, Deus lhe falou, através de simbolismos, de que seria um influente rei. As pessoas, "o céu, a lua, e as estrelas" se curvavam diante dele. Gn 37:5-10. Ele creu, foi obediente, porém, por aproximadamente 20 anos "não houve nada". O "céu", para José, era como de bronze, "nenhuma nuvem": Desprezado pelos irmãos, caluniado e preso injustamente, José passou tempos difíceis. MAS, a seu tempo, quando José, estava preparado para receber a promessa, Deus lhe envia "chuva", Aleluia!!
Nós somos essa peque nuvem muitos não acreditam por ser pequena insignificante mas será através dessas pequenas nuvens que Deus vai abençoar a vida de muitas pessoas amém!
Quando as promessas se cumprem em nossas vidas, sempre abençoamos muitas outras vidas. Foi assim, com a chuva em Samaria, foi assim, com o governo de José do Egito, será assim, comigo e com você. A Ele toda glória!
Bp Anderson Camargo

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

jumenta de Balaão
Números 22.21-35 - A história do profeta Balaão é muito interessante. Uma jumenta falou com Balaão e o inusitado é que Balaão também falou com a jumenta.
- Os jumentos se entendem... Balaão não era jumento, era servo de Deus, era um profeta de Deus, e até reconhecido por todos, porque lemos no finalzinho do v.6: “por que sei que a quem tu abençoar será abençoado e, quem tu amaldiçoa, será amaldiçoado”. Portanto, Balaão era poderoso profeta de Deus...
- Mas ele vinha agindo com ignorância, errando toda hora, como um jumento!
Por exemplo, o v.4-6 contam que Balaque, rei de Moabe, que era um povo inimigo de Israel. O rei Balaque queria contratar Balaão para amaldiçoar Israel. Junto com a mensagem, Balaque mandou uma quantia de dinheiro para pagar as maldições.
Primeiro erro de Balaão, ele recebeu a mensagem... segundo erro: quando Balaão viu o dinheiro, ele disse: “Eu vou pensar”. No v.7 está escrito: “Fiquem aqui esta noite, e amanhã eu contarei a vocês o que o Senhor me disser”.
Ora, não tinha nem o que negociar... Balaão agiu estupidamente, e uma pessoa assim, com esse comportamento, na gíria se diz que ela é um jumento... o que Balaão fez foi uma jumentice!
Agora, esse fato sobrenatural ocorrido, era um alerta de Deus sobre o caminho errado em que Balaão estava andando e da sua completa falta de visão espiritual.
1 – A FALTA DE VISÃO ESPIRITUAL LEVA AO DESCONTROLE EMOCIONAL
v.6, Ouvindo a proposta do rei Balaque, Balaão ficou cego espiritualmente... perdeu a noção das coisas e até foi consultar a Deus sobre o que o Senhor pensava! - Deus disse pra ele, v.12: “Deus disse a Balaão: – Não vá com eles, nem amaldiçoe o povo de Israel, pois é um povo abençoado”. Salmo 91 diz: “Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda”.
- Deus vendo a completa falta de visão espiritual dele, por fim, o permitiu ir, lemos no v.20, sob a recomendação de que fizesse apenas o que Deus dissesse.
E Balaão foi, mas não foi feliz. - Aconteceu de um anjo de Deus se colocar no caminho, e Balaão não viu nada, estava mesmo cego espiritualmente... quem viu, foi a jumenta, parecendo até mais espiritual que ele. Balaão se descontrolou, pegou uma vara e passou a bater com força no animal.
Irmão, você se descontrola com freqüência? Você se ira facilmente?
Pv 14.17 diz que “Quem se zanga facilmente faz coisas tolas”.
2- A FALTA DE VISÃO ESPIRITUAL NOS LEVA NÃO APENAS AO DESCONTROLE EMOCIONAL, MAS TAMBÉM À INGRATIDÃO
Lemos isto no v.30: Nessa conversa da jumenta com o profeta, vemos que ela reclama da ingratidão de Balaão e do seu tratamento grosseiro e violento. - Mas Balaão, cego espiritualmente, mantém o seu coração duro e ingrato... ele está tão cego, tão tapado espiritualmente, que nem percebeu que era a jumenta que estava falando com ele.
3- A FALTA DE VISÃO ESPIRITUAL LEVA À MORTE
Os v.31-33: Veja só: O profeta Balaão escapou da morte pelo menos três vezes seguidas, e graças a visão da sua jumenta, porque ele mesmo não estava enxergando o perigo. Balaão não conseguia ver o Anjo do Senhor com uma espada na mão, pronta para matá-lo! A jumenta viu e se desviou.
Na Bíblia encontramos o relato de muitas outras pessoas cegas espirituais e até mesmo uma cidade inteira (como Jerusalém, que não enxergou o Messias: Mt 23:37-39).
A desobediência a Deus (o pecado) cega mesmo qualquer pessoa e leva o pecador à morte, não apenas física, mas também espiritual (Rm 6:23).
Finalizo Dizendo que...
Balaão era um profeta de Deus... mas as ofertas de Balaque pareceram mais vantajosas para ele e ele perdeu a visão espiritual.
E com a perda da visão espiritual, Balaão se tornou emocionalmente descontrolado. Se tornou ingrato e também sofreu risco de morte várias vezes.
Para não cairmos nesse erro, precisamos ser totalmente dependentes de Deus. Quem está com Deus, dependente dEle, não tem maldição que consiga atingi-lo, não tem feitiçaria que o alcance!
Deus disse: “Balaão, você não poderá amaldiçoar esse povo, nem se quisesse, porque é um povo abençoado”! Gloria a Deus Aleluia!!!!
Bispo Anderson Camargo.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Defenda o seu campo de lentilhas
Defenda seu campo de lentilhas Samuel 23.11-12 características antes de entrar na luta de Samá.
Quem eram esses guerreiros:
• De covardes, Davi os fez valentes e poderosos (II Sm 23:8).
• De aflitos, Davi os fez soldados valorosos (I Cr 12:22).
• De endividados, Davi os fez mais valiosos do que ouro: O menor valia por 10 homens e o maior por 1000 (I Cr 12:14).
a) Eles eram a escoria da sociedade.
Ajuntaram-se a ele todos os homens que se achavam em aperto, e todo homem endividado, e todos os amargurados de espírito, e ele se fez chefe deles; e eram com ele uns quatrocentos homens. (1 Sm 22.2)
Deus é especialista em pessoas que não deu certo, o lixo, Deus transforma em luxo. Ele ergue do pó o desvalido e do monturo, o necessitado, para assentá-lo ao lado dos príncipes, sim, com os príncipes do seu povo. (Sl 113.7,8)
b) Eles eram Leais a Davi e nunca se rebelaram contra ele
Porque naquele tempo, dia após dia, vinham a Davi para o ajudar, até que se fez um grande exército, como o exército de Deus (I Cr 12:22). A bíblia fala que eles manejavam arco e flecha atiravam pedra e manejavam a espada com as duas mãos (1Cr 12.2).
c) Eles quando se apresentaram a Davi diziam, nosso coração é um com o teu.
ENTRANDO NA HISTÓRIA DE SAMA´
O nome Samá tem, no hebraico, o significado de “DESOLAÇÃO”.
Seu pai era Age…
Ele era um hararita… Morador das montanhas.
Quais as lições extraídas da Vida de Samá?
1) Não deixou que seu nome e história derrubasse o ânimo de VENCER
• Alguma coisa aconteceu no passado para que seu pai lhe pusesse o nome de DESOLAÇÃO…
• Mesmo tendo um nome que trazia à mente a TRISTEZA, ele preferiu acreditar na ALEGRIA!!!
2) A oportunidade nunca estará presente no meio dos que fogem.
• Enquanto todos fugiam, Samá resolveu ser a desolação dos filisteus…
• A coragem e o compromisso com o solo sempre atrairá a unção de Deus.
3 – Estar só nem sempre é prelúdio de derrota e fraqueza
• Foi sozinho que Deus se revelou a Moisés na sarça ardente.
• Foi sozinho que Deus visitou Elias na Caverna –
• Foi sozinha no deserto que o choro de Ismael foi ouvido pelo Senhor
• Foi sozinho na ilha de Patmos que João recebeu as revelações do apocalipse.
• Foi sozinho no deserto que Jesus resistiu aos ataques do diabo…
4) Naquilo que para os olhos de muitos não possui valor, pode esta escondida a CHAVE da reversão do quadro…
• Seu nome é falado até hoje, porque ele tomou uma DECISÃO no momento de CRISE …
• O significado do seu nome mudou de direção, ao invés de ser ele um DESOLADO, ele se tornou num DESPLADOR de filisteus…
5) Ele se pôs no meio do pedaço de terra, ele não optou pelas BEIRADAS…NO MEIO !!!
• Estar no meio é se expor… é onde você se coloca no meio do risco…
• Existem pessoas que se colocam no meio, mas buscando evidencia….
• Existem outros que vivem pelos cantos da vida, pelos cantos da igreja sem participar de nada, literalmente nos cantos… onde é fácil pois, um só passo já estou fora da luta…
6) Ele defendeu o pedaço de terra e não a lentilha.
Pôs-se no meio daquele pedaço de terra, e o defendeu. Observe que Samá focou primeiro a terra e em segundo plano a lentilha.
a) A lentilha e algo que se eu plantar eu colho…
b) Não posso perder é a TERRA que traz a existência o fruto da semente semeada…
c) muitos morrem pelas lentilhas…
Ex.: Lentilha: Carro, Casa, Ministério, Cargos eclesiásticos.
Pedaço de terra e a base de tudo o que é sólido.
Ex.: Pedaço de terra: Minha esposa, Minha família, Minha Fé, Minha Salvação, Meu ministério.
7) Deus sempre espera uma definição e um posicionamento perante o que desenhamos em nossos corações.
Quando nos posicionamos e decidimos:
• Os olhos de Deus se voltam para nós…
• Quando nos posicionamos e nos decidimos, um vale dez e dez vale cem…
• Tornamos-nos alvo da valentia…
• Quebramos toda ministração de maldição e agouro… não seremos chamados de Samá, DESOLAÇÃO mas sim de TERROR de nossos inimigos…
• O respeito e a honra passa adornar o nosso nome…Amém !!!
Bp Anderson Camargo

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Gênesis 28:10-19

A visão da escada de Jacó

10 Partiu, pois, Jacó de Berseba, e foi-se a Harã. 11 E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por sua cabeceira, e deitou-se naquele lugar. 12 E sonhou: e eis era posta na terra uma escada cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela. 13 E eis que o Senhor estava em cima dela e disse: Eu sou o Senhor, o Deus de Abraão, teu pai, e o Deus de Isaque. Esta terra em que estás deitado ta darei a ti e à tua semente. 14 E a tua semente será como o pó da terra; e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul; e em ti e na tua semente serão benditas todas as famílias da terra. 15 E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra, porque te não deixarei, até que te haja feito o que te tenho dito. 16 Acordado, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia. 17 E temeu e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a Casa de Deus; e esta é a porta dos céus.

A coluna de Betel

18 Então, levantou-se Jacó pela manhã, de madrugada, e tomou a pedra que tinha posto por sua cabeceira, e a pôs por coluna, e derramou azeite em cima dela. 19 E chamou o nome daquele lugar Betel; o nome, porém, daquela cidade, dantes, eraLuz.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Jesus no meu barco – Mateus 14:22-27
quinta-feira, 18/09/2008 10:24 am 
Jesus havia acabado de operar um milagre. Enquanto esteve na Terra, Ele realizou muitos milagres: curou, libertou, paralítico andou, cego enxergou… Ele também tinha o dom de maravilha.
Jesus enviou os discípulos num barco. O mundo inteiro gostaria de estar no lugar deles. Estavam felizes e contentes, relembrando o milagre que Jesus fez ao alimentar a multidão.
Opa!!! Não foi Jesus Cristo que enviou seus discípulos? Ele enviou seus discípulos para uma tempestade? Sim, Ele preparou uma experiência diferente para eles. Foi Jesus quem permitiu que o vento soprasse.
Se Jesus te enviou, Ele não vai deixar seu barquinho afundar, mesmo que você seja marinheiro de primeira viagem.
Deus te envia e o mar está calmo, depois começa a ficar turbulento.
Tudo está calmo até que chega uma notícia, um fato, uma conversa. Aí o vento calmo vira uma tempestade e aquela confiança que você tinha no Senhor fica abalada e sua vida começa a balançar como um barco.
Onde estava Jesus Cristo nessa hora? No momento em que os seus discípulos mais precisavam Dele? Essa é a hora que você começa a duvidar de Deus.
Tem hora que nós procuramos Jesus e não O achamos, parece que as nossas orações não estão sendo ouvidas e no nosso interior nos perguntamos, por quê?
No versículo 23, Jesus estava orando enquanto eles estavam no barco. Ele estava intercedendo enquanto estavam no barco e, hoje, Ele continua intercedendo por nós à destra de Deus. Ele intercede enquanto estamos na tempestade.
O que podemos aprender com uma tempestade?
Nenhuma luta e nenhuma tempestade é sem propósito. Jesus está no controle, Ele tem propósito até nas tempestades.
Jesus opera milagres, ama os pecadores, dá a salvação para nós, tem poder, provê tudo àquilo que precisamos e tem as Palavras de vida eterna. Nós o conhecemos assim.
Os discípulos O conheciam como mestre, só que eles não O conheciam na tempestade como nós O conhecemos. É muito fácil conhecer Jesus nos milagres, é fácil confiar em Jesus para a salvação, mas e quando chega à tempestade?
Nós não conseguimos entender que aprendemos com as tempestades.
Quando uma tempestade acontece na vida de alguém todo mundo acha que a pessoa já esta em pecado e chegam até a dizer: “Isso não é uma brecha, é uma avenida! Isso é coisa do diabo… É retaliação!”
Os discípulos começaram a ver fantasmas. Isso acontece quando não confiamos em Deus nas tempestades. Se Deus tivesse que nos dar o que merecemos, nosso barco teria afundado faz tempo.
Não conseguimos ver Jesus nas tempestades, só os “fantasmas”. Se nós temos “fantasmas”, vamos dar cabo deles!
A maior lição que Jesus ensinou aos discípulos foi tirá-los do ambiente dos milagres e colocá-los em um barquinho e agitar bastante para eles entenderem que Deus era com eles.
Conserve o seu ânimo, mantenha-se fiel, seja perseverante por maior que sejam as ondas e os ventos, permaneça firme.
Jesus disse: tende bom ânimo, sou Eu!
Não deixe nenhuma luta ou tempestade te enfraquecer, acabar com a tua fé, não tenha medo!
Jesus é aquele que te pega pela mão e diz não tema porque eu sou contigo por onde andares! A história da tua vida é minha! O barco não vai afundar, não pule dele!
No versículo 32, quando Jesus entrou no barco o vento cessou,isso significa que o vento se cansou e os discípulos disseram: verdadeiramente esse é JESUS CRISTO!
Deixe Jesus tomar o leme do teu barco!

Deus usa as pequenas nuvens!! Entre 875-873 a.c, reinou em Israel, um corrupto homem, chamado Acabe. Houve, seca e fome sobre aquela terr...