sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Provérbio 6.16-19

Provérbio 6.16-19
"Seis coisas que o Senhor aborrece, e a sétima Ele abomina: olhos altivos, Língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que maquina projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos"

Não devemos aborrecer o nosso Deus praticando qualquer destas coisas tão abomináveis para Ele. Lembremos de Pv 15:3 “Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons”.

Para Deus, pecado é sempre pecado. Apesar disso, Salomão, com toda sua sabedoria dada por Deus, destacou seis atitudes que aborrecem ao Senhor e uma que Ele abomina. Deus abomina toda forma de conduta errada, pecaminosa, mas há algumas outras que antecipam seu juízo, como já foi dito, não por causa da gravidade do ato, pois para Deus é tudo igual, mas devido as características das pessoas que os praticam.


Os sete atos descritos em Provérbio 6.16-19, são cometidos por pessoas que conhecem o que é certo e sabem que estão agindo erroneamente, mas mesmo assim insistem em agir, ignorando a justiça de Deus.

A palavra de Deus em Romanos 1 descreve os mesmos das seguinte maneira:

v.29: “estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade; sendo murmuradores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais; néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia; os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam”.

Para esse tipo de gente, a colheita vem prematura. Pv. 6.12-15: “O homem de Belial, o homem vicioso, anda em perversidade de boca. Acena com os olhos, fala com os pés, faz sinais com os dedos. Perversidade há no seu coração; todo o tempo maquina mal; anda semeando contendas. Pelo que a sua destruição virá repentinamente; subitamente será quebrantado, sem que haja cura.”

Então você pode pensar: - Eu sou crente, não tenho esses tipos de atitudes. Só que não há nada já nasça formado, e o que parece inofensivo para você no momento, uma pequena brecha que o Inimigo abriu, pode se tornar uma cratera se não for restaurado a tempo. Por isso vamos analisar cada um dos itens, refletir, ver se há algum vestígio dessas atitudes que possamos mudar em nossas vidas e vigiarmos para não deixarmos que as situações diversas nos levem a agir da mesma maneira.

1- Olhos altivos: Achar que é bom, que não precisa de ninguém, que todos são inferiores a você, se achar auto-suficiente, arrogante, soberbo. Prov. 16.18-19: “A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda”. Cristo é a nossa rocha, o pilar central da nossa existência e do nosso sucesso. Enquanto nossas convicções, nossa fé, nossa vida estiver alicerçada Nele, nós estaremos firmes, mas a partir do momento que nós deixamos de nos apoiar Nele e passamos a achar que somos capazes de nos apoiarmos em nossa própria força ou sabedoria, tudo vem abaixo. Da soberba procede a rebeldia. Satanás se achou auto-suficiente, igual a Deus, logo, Deus o lançou fora do seu reino. Devemos saber que somos totalmente dependentes de Deus e que sem Ele nós nada somos e nada podemos fazer. Em Prov. 3.6 está escrito: “Reconhece-O(o Senhor) em todos os teus caminhos, e Ele endireitará as tuas veredas”. 1ª Pe. 5.6: “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte”.

2- Língua mentirosa: Em Jo. 8:44 está escrito: “Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira”. Cl. 3.9: “Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do homem velho com os seus feitos” Ap. 22.15: “Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira”. O trecho nos deixa bem claro que não somente os que praticam, mas também aqueles que consentem com a mentira não herdarão o céu. Todo o crente verdadeiro tem que agir de acordo com a verdade, doa a quem doer. Jo. 8.32: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Sl. 91.4 “...a sua verdade é escudo e broquel”.

3- Mãos que derramam o sangue inocente: Após Davi ter adulterado com a mulher de Urias e ela ter engravidado, Davi deu ordem para que colocassem Urias na frente da batalha para que morresse e ninguém descobrisse seu pecado. Mas Davi se esqueceu de um detalhe, Deus estava vendo tudo. Urias era um soldado temente a Deus, leal ao rei e aos seus amigos, sincero e foi morto mesmo sendo inocente. Mais que depressa Davi arrependeu-se, voltou-se ao Senhor com o coração quebrantado e o Senhor o perdoou, mas, mesmo gozando de íntima comunhão com Deus, o castigo veio rápido e foi duradouro. (Ler 2ª Sm. 12.9). Seu filho morreu ao nascer, dois de seus filhos cometeram incesto, o filho Absalão matou seu irmão, tomou o reino de Davi e deitou com suas concubinas perante os olhos de toda a nação. Davi teve que fugir e só voltou após Absalão ter morrido. Imaginem que vergonha para um pai, para um rei, quanta tribulação passou Davi porque conhecia a verdade e desprezou a justiça de Deus. Nm. 14.18 “O Senhor é tardio em irar-se, e grande em misericórdia; perdoa a iniqüidade e a transgressão; ao culpado não tem por inocente, mas visita a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração”.

4- Coração que maquina projetos iníquos: Pv. 27.19: “Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem”. O trecho deixa bem claro que a pessoa que trama o mal em seu coração, é mal por inteiro, e não está nem aí para o que Deus pensa a seu respeito. Mas o Senhor é justo, e acredite o homem ou não, ele faz justiça. Sl. 37.12-13 “O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes, mas o Senhor se ri do ímpio, pois vê que vem chegando o seu dia”.

5- Pés que se apressam a correr para o mal: 1ª Pe. 4.3-5: “Porque é bastante que no tempo passado tenhais cumprido a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias. E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós; os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos”. Mesmo sabendo o que é certo as pessoas preferem fazer o que é errado, o que dá prazer. Os manjares do mundo são mais deliciosos à vista, mas todos levam a morte. Muitos crentes acabam se envolvendo por que brincam com as coisas de Deus, têm lá no fundo, aquele desejo de experimentar os prazeres do mundo, por isso dão pequenos passos rumo à lama achando que são fortes o suficiente e, quando vêem, já estão atolados até o pescoço.

6- Testemunha falsa que profere mentira: Pv. 19.5 e 9: “A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará”. “A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará”. Como vocês podem perceber, no mesmo capítulo, com 4 versículos de diferença o autor profere a mesma sentença devido a tamanha gravidade que o Senhor atribui ao ato. Além do mais, o próprio Código Penal Brasileiro, conceitua como crime a prática de tal ato.

7- O que semeia contendas entre irmãos: Esta é a atitude que o Senhor abomina, a pior de todas as outras; Mas por quê? Se prestarmos bem atenção, veremos nas outras seis situações, que o agente ativo, aquele que pratica a ação, é o único que peca, e o agente passivo, é apenas prejudicado, mas não chega a pecar. Mas nesta situação não, a contenda é pecado, neste caso, quem semeia contendas entre irmãos, está fazendo o papel do Diabo, porque além de pecar, também conduz o outro a pecar. A pessoa que semeia contenda entre irmãos, que tem prazer em ver “o circo pegar fogo”, está completamente desviada da verdade e já cedeu seu coração totalmente ao inimigo. A contenda gera ódio, rancor, amargura, destrói a vida das pessoas que estão envolvidas e escandaliza aquelas que ficam sabendo. É por tudo isso que o Senhor abomina tal ação. Quantas vezes a gente acaba falando algo de alguém para outra pessoa só para ver se ela toma alguma atitude, às vezes até pensando que estamos fazendo o certo, porque a outra pessoa precisa saber, achando-nos justos. Mas a palavra do Senhor nos ensina totalmente o contrário, a andar como Jesus andou. Hb. 12.14: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”. Mt. 5.8-9: “Bem aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus. Bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.

Lembre-se: Ame o Senhor teu Deus de todo o teu coração, alma, força, entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo e terás a vida eterna.
Há uma promessa no livro de Provérbios 6:7 “Quando os caminhos do homem agradam ao Senhor, faz que até os seus inimigos tenham paz com ele”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A cura da filha de Jairo. “Então um homem chamado Jairo, dirigente da sinagoga, veio e prostrou-se aos pés de Jesus…” (Lc 8:41)   Ao lermo...