sábado, 12 de dezembro de 2015

No fundo do poço
Jeremias 38:1-13 E ocorreu que Sefatias, filho de Matã, Gedalias, filho de Pasur, Jucal, filho de Selemias, e Pasur, filho de Malquias, ouviram o que Jeremias estava dizendo a todo o povo:
"Assim diz o Senhor: ‘Aquele que permanecer nesta cidade morrerá pela espada, pela fome e pela peste; mas aquele que se render aos babilônios viverá. Escapará com vida e sobreviverá’.
E, assim diz o Senhor: ‘Esta cidade certamente será entregue ao exército do rei da Babilônia, que a conquistará’ ".
Então os líderes disseram ao rei: "Este homem deve morrer. Ele está desencorajando os soldados que restaram nesta cidade, bem como todo o povo, com as coisas que ele está dizendo. Este homem não busca o bem deste povo, mas a sua ruína".
O rei Zedequias respondeu: "Ele está em suas mãos; o rei não pode opor-se a vocês".
Assim, pegaram Jeremias e o jogaram na cisterna de Malquias, filho do rei, a qual ficava no pátio da guarda. Baixaram Jeremias por meio de cordas para dentro da cisterna. Não havia água na cisterna, mas somente lama; e Jeremias afundou na lama.
Mas, Ebede-Meleque, o etíope, oficial do palácio real, ouviu que eles tinham jogado Jeremias na cisterna. Ora, o rei estava sentado junto à porta de Benjamim,
Ebede-Meleque saiu do palácio e foi dizer-lhe:
"Ó rei, meu senhor, esses homens cometeram um mal em tudo o que fizeram ao profeta Jeremias. Eles o jogaram numa cisterna para que morra de fome, pois já não há mais pão na cidade".
Então o rei ordenou a Ebede-Meleque, o etíope: "Leve com você trinta homens sob as suas ordens e retire o profeta Jeremias da cisterna antes que ele morra".
Então Ebede-Meleque levou consigo os homens que estavam sob as suas ordens e foi à sala que fica debaixo da tesouraria do palácio. Pegou alguns trapos e roupas velhas e desceu cordas até Jeremias na cisterna.
O Ebede-Meleque, o etíope, disse a Jeremias: "Ponha esses trapos e roupas velhas debaixo dos braços para servirem de almofada para as cordas"E não saia desse poço com ferimentos. E Jeremias assim fez.
Assim, com as cordas o puxaram para cima e o tiraram da cisterna. E Jeremias permaneceu no pátio da guarda.
Jeremias foi um profeta que não tinha medo de dizer o que Deus mandava, mesmo sabendo que ele sofreria represália daqueles a que ele enviava o recado de Deus.
Jeremias não se dobrou ao sistema, ele não se corrompeu.
Foi um homem corajoso e reto aos olhos de Deus e por falar sempre a verdade não conquistou muitos amigos, aliás isso ainda acontece nos dias de hoje com aqueles que dizem somente o que está nas escrituras, com aqueles que confrontam a mentira.
Um dia, esses inimigos de Jeremias o jogaram em uma cisterna, ou seja, em um poço fundo.
Que tristeza, um profeta de Deus, sendo jogado injustamente em um poço!
Nesse poço, não havia água, mas lama. O profeta estava no meio da lama.
Jeremias foi literalmente para o fundo do poço.
Muitos hoje estão não literalmente, mas como metáfora, no "fundo do poço" e creio que injustamente também.
No fundo do poço é um lugar de tristeza, abatimento, depressão. Um lugar sem saída, onde as esperanças foram perdidas.
José também esteve no fundo do poço, onde também foi jogado injustamente por seus irmãos.
Mesmo o fundo do poço parecendo o fim, isso não é verdade, pois podemos ver pela vida de José que foi tirado daquele poço. Às vezes o fundo do poço pode ser apenas um começo. O começo de algo grande que o Senhor tem para fazer.
Difícil é entender e viver isso. Será que José entendeu essa verdade enquanto estava no fundo daquele poço? Depois de ser jogado na cova, José foi vendido como escravo. Acompanhando a história de José, vemos que tudo isso estava nos planos de Deus. Ele permitiu que isso acontecesse para vir grandes coisas sobre a vida de José.
Ás vezes o fundo do poço faz parte da nossa caminhada e é nele que Jesus estenderá Suas mãos para nos tirar de lá.
No fundo do poço em que Jeremias foi jogado só existiam dois lugares para ele olhar: Para a lama ou para cima.
Para onde você tem olhado?
Quando você olha para cima consegue enxergar o socorro de Jesus e pode ser que esse socorro, em nossa opinião, demore um pouquinho para chegar, pois ele vem no tempo certo, mas não se preocupe você não morrerá no fundo do poço.
"Ebede-Meleque, o etíope, oficial do palácio real, ouviu que eles tinham jogado Jeremias na cisterna. Ora, o rei estava sentado junto à porta de Benjamim,
Ebede-Meleque saiu do palácio e foi dizer-lhe:
"Ó rei, meu senhor, esses homens cometeram um mal em tudo o que fizeram ao profeta Jeremias. Eles o jogaram numa cisterna para que morra de fome, pois já não há mais pão na cidade".
Então o rei ordenou a Ebede-Meleque, o etíope: "Leve com você trintas homens sob as suas ordens e retire o profeta Jeremias da cisterna antes que ele morra".
Então Ebede-Meleque levou consigo os homens que estavam sob as suas ordens e foi à sala que fica debaixo da tesouraria do palácio. Pegou alguns trapos e roupas velhas e desceu cordas até Jeremias na cisterna.
O Ebede-Meleque, o etíope, disse a Jeremias: "Ponha esses trapos e roupas velhas debaixo dos braços para servirem de almofada para as cordas". E Jeremias assim fez.
Assim, com as cordas o puxaram para cima e o tiraram da cisterna. E Jeremias permaneceu no pátio da guarda."
Ebede-Meleque foi usado por Deus para interceder junto ao rei pela vida de Jeremias.
Jesus também intercede, junto ao Pai, sobre a nossa vida e assim como Ebede-Meleque foi autorizado a tirar Jeremias do fundo do poço, se esse é o lugar onde você se encontra, Jesus também retirará você.
Mesmo no "fundo do poço" permaneça firme, pois o socorro chegará e Deus tem grandes maravilhas para a sua vida. Tudo o que precisamos fazer é esperar, afinal não tem nem como correr mesmo...
Olhe para cima, não olhe para a lama!
Deus te abençoe!
BISPO Anderson Camargo

Nenhum comentário:

Postar um comentário