segunda-feira, 21 de abril de 2014

Tiago: 2.26
Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.
Algumas pessoas fazem certa confusão diante deste versículo, achando que para sermos salvos precisamos estar fa...zendo alguma coisa, ou seja, seria como uma reciprocidade pelo fato de estarmos praticando boas ações.
O que precisamos entender de uma forma muito clara é que ninguém será salvo como um pagamento pelas suas obras. Outra coisa muito importante é que determinadas pessoas simplesmente dizem ter fé, porém ao olharmos para as suas vidas, chegamos à conclusão que nada mudou, ou seja, não se tornaram uma nova criatura e como alguém pode dizer isso se os seus comportamentos estão nos mostrando algo totalmente diferente. Onde estamos querendo chegar? Estamos querendo dizer que a fé verdadeira transforma as nossas vidas, fazendo com que as nossas atitudes sejam completamente diferentes da vida que tínhamos antes e, sendo assim, uma vez que fomos totalmente transformados as boas obras serão uma consequência natural dessa nova criatura.
Raabe era uma prostituta que vivia em Jericó, uma cidade que foi conquistada pelo povo de Israel e ela ajudou aos espias que foram até aquela cidade com a finalidade de observá-la. Porém, o motivo principal para essa atitude foi a sua fé nos planos que Deus, que lhe deu a coragem necessária para esconder aqueles homens e os ajudar a fugir, ou seja, a sua fé inabalável provocou uma grande obra. Por consequência ela e toda a sua família foram salvos quando a cidade foi tomada e destruída.
O que está muito claro é que se não trazermos dentro de nós a verdadeira fé, que implica em um envolvimento completo com Deus, com certeza, não conseguiremos produzir boas obras e o nosso serviço, de forma isolada, não conseguirá substituir o compromisso que Deus exige de nós. Pense nisso e deixe o seu comentário.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário